Associação Qe

facebook  linkedin  youtube instagram

Home > Quem Somos > Sobre a Associação Qe

Sobre a Associação Qe, uma Nova Linguagem para a Incapacidade

Na origem da Associação Qe, uma Nova Linguagem para a Incapacidade, está um grupo de pais e técnicos, que acreditaram ser possível criar uma nova resposta que possibilitasse uma mudança de atitudes no trabalho com pessoas com atraso de desenvolvimento intelectual, na sua aceitação e integração socioprofissional.

A história da Associação Qe, uma Nova Linguagem para a Incapacidade, remonta ao ano de 2003, em que sob o nome Quinta Essência – Projetos de Reabilitação para a Pessoa com Deficiência, Lda, participou em atividades de intercâmbio a nível europeu no Programa Comunitário Sócrates, Grundtvig 2, Projeto Parcerias de Aprendizagem, com o objetivo de estabelecer e promover a cooperação europeia, em matéria de educação de adultos com atraso de desenvolvimento intelectual.

Três anos depois, a 2 de janeiro de 2006 foram abertas as portas do Centro de Desenvolvimento e Residências, e em julho de 2009 foi criada a Associação Qe uma Nova Linguagem para a Incapacidade, associação sem fins lucrativos.

A 23 de dezembro de 2009 foi atribuído à instituição o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), tendo sido celebrado Acordo de Cooperação com o Instituto de Segurança Social, I.P a 10 de dezembro de 2010.

Atualmente, a Associação Qe, uma Nova Linguagem para a Incapacidade, IPSS, é constituída por:

  • Pólo Pedagógico, equiparado a Centro de Actividades Ocupacionais – para alunos residentes e alunos não residentes;
  • Pólo Residencial, equiparado a Lar Residencial – para alunos permanentes e estadias temporárias ou ocasionais;
  • Pólo Científico – no qual estão centralizadas todas as parcerias científico-tecnológicas e os projetos daí decorrentes.

Os três pólos estão instalados numa área de 15.000m2 no Concelho de Sintra, facilmente acessível a partir de qualquer ponto da Grande Lisboa.

 

Missão

A missão da Associação QE é maximizar a autonomia e integração social de pessoas com atraso de desenvolvimento intelectual, maiores de 16 anos.

Na Associação QE procuramos conjugar as potencialidades de um modelo de socialização, no qual se destaca o contributo fundamental das famílias e das redes naturais e sociais de suporte, com a necessidade da criação de relações individualizadas e significativas, promotoras de desenvolvimento humano.