Associação Qe

facebook  linkedin  youtube instagram

Home > Notícias > Estágios QE

Notícias

Estágios QE

Outubro foi mês de reinicio de estágios na Associação QE.

Recebemos estagiários ao abrigo de protocolos já firmados em anos anteriores, como os estágios académicos do ISPA, e iniciámos o acolhimento de estágios no âmbito de novas parcerias académicas, como é o caso do estágio do ISCTE. 

É sempre com imenso agrado que a QE acolhe estes futuros profissionais, possibilitando-lhes a valorização dos conhecimentos já adquiridos e o enriquecedor contacto com as dinâmicas diárias de uma instituição. 

 

Estágio ISCTE

catia nunes iscte

A Cátia Nunes realiza o seu mestrado em Psicologia Comunitária do ISCTE e iniciou recentemente o seu estágio na QE.  

"Quando escolhi como local de estágio a Associação Quinta Essência a minha expectativa era ter um maior contacto com a população com Dificuldades Intelectuais e Desenvolvimentais, na tentativa de adquirir um conhecimento que ainda não está muito presente nas instituições de ensino. Como tal, de uma perspectiva individual as expectativas insidiam sobretudo no crescimento pessoal.

Estas expectativas têm sido satisfeitas e até excedidas, pois encontrei profissionais bastante presentes e dedicados que me fizeram sentir muito bem-recebida. Esta equipa teve o poder de desmistificar o conceito da diferença facilitando o meu envolvimento com os clientes, experiências que me têm surpreendido e promovido a minha aprendizagem.

Espero que estas boas experiências se continuem a repetir, para que estes conhecimentos um dia venham a ser uma mais-valia na procura de uma sociedade mais equitativa e com menos discriminação e exclusão do cidadão com Dificuldade Intelectual e Desenvolvimental.

Cátia Nunes

 

Estágio ISPA

catarina martins ispa

A Catarina Martins, mestranda de Psicologia Educacional do ISPA e partilha o seu testemunho relativamente ao estágio académico que iniciou.  

"Escolhi realizar o meu estágio curricular na Associação QE, uma vez que sempre quis trabalhar com pessoas com deficiência, mais especificamente com deficiência intelectual e/ou do desenvolvimento. Neste sentido, grande parte das minhas expetativas são de caráter pessoal e profissional.

Relativamente ao primeiro, espero crescer enquanto pessoa, aprofundar o meu saber e o meu estar com os outros e, sobretudo, ter uma nova experiência que me fortaleça o discernimento entre o lado emocional e racional da vida.

Profissionalmente, ou seja, do ponto de vista académico, pretendo desenvolver as minhas competências enquanto futura psicóloga educacional.  Espero poder aprofundar e pôr em prática os conhecimentos adquiridos, através da pedagogia da interdependência (Gentle Teaching), aprender com uma equipa multidisciplinar e com experiência, e confirmar que é mesmo esta a área em que quero desenvolver a minha atividade futura.

Ao fim da primeira semana posso dizer, com toda a certeza, que tem sido uma experiência desafiante, mas acima de tudo estimulante e enriquecedora!"

Catarina Martins